O que foi de mim



Eu.

Nunca pensei mais em mim.

Pensava sempre no que eu queria dar

O que eu queria ter.

Ah! Que chato!

A vida não é uma tristeza sem fim.

A não ser que você queira.

Algumas coisas você controla, Outras,

Você tem apenas que aceitar.

A minha cota de tristeza eu posso controlar.

Mas a felicidade que eu queria

Tenho apenas que esperar que venha.

E viver com a quantia que me vem.

Mas não posso convence-la a dizer sim.



Tudo começa assim.

Uma desilusão,

A rosa crescendo sozinha.

A arvore morta.

O céu ficando cinza,

E apenas um canto azul.

Olhe pra si mesmo,

E pense sempre em ser melhor.

Buscar o lado bom.

Para o seu bem

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Discutindo o racismo texto 2 - Desconstruindo Ruth Catala

Discutindo o racismo Texto 1: Piadas racistas

Critica Filme " Mundo deserto de Almas Negras" O racismo como sempre vemos e da pior forma.