Só pra atualizar isso aqui... acho que o dom esta indo embora...


 


 


 


A pobre e ingênua criança


Estica, os braços.


Estica o corpo...


Ergue-se...


 


Tenta se dilatar


Tenta crescer...


Tenta voar...


Tenta sonhar.


 


Olhando para o céu


Querendo apenas comer,


Tão lindo algodão flutuante


No mínimo quer toca-lo


Senti-lo...


Telo pra sim ao menos uma vez.


 


Assim me sinto ao te ver...


Uma criança querendo tocar as nuvens


Achando-as perfeitas...


Nunca porem, tendo-a pra si.


 


Nunca vai ter...


Não pode!


Impossível...


 


Versos inúteis...


Sinto-me sugado...


O sonho da criança


Vai perdendo a graça,


Pouco a pouco ela percebe...


Que é inútil tentar buscar


O inalcançável céu...


Beijar as lindas e perfeitas nuvens


 


Ele um dia vai perceber...


A ingenuidade acaba...


 


É preciso tropeçar em uma pedra


Pra percebemos que é impossível


Continuar andando e olhar o para o alto...


Assim a criança aprende...


 

5/10/05

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Discutindo o racismo texto 2 - Desconstruindo Ruth Catala

Critica Filme " Mundo deserto de Almas Negras" O racismo como sempre vemos e da pior forma.