A um Jardim de flores , o jardim do amor... (repet)


Procura no jardim da vida?


A um jardim de flores
Eu me entreguei
Procurando amores
Que não achei
Encontrei espinhos e solidão
Em pétalas de dor e desilusão.

Entre tantas flores tentei encontrar
A mais diferente e singular
Entre o desprezo ao meu coração
Você não deixou minha procura
Se tornar em vão.

E em um momento, um olhar...
Senti o tempo parar
Senti a lagrima rolar
Senti o coração disparar

E com um só toque eu pude crer
A escolhida seria você
A mais perfeita na imperfeição
A mais agradável na perturbação

Os espinhos não me feriam
O seu aroma me seduzia
As suas pétalas me encantavam
Sua beleza me confundia

A você então me entrego
Pelo seu amor me regenero
A minha busca em fim termina

O sonho então se concretiza...
Por você!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Discutindo o racismo texto 2 - Desconstruindo Ruth Catala

Discutindo o racismo Texto 1: Piadas racistas

Critica Filme " Mundo deserto de Almas Negras" O racismo como sempre vemos e da pior forma.